terça-feira, 22 de julho de 2014

Governadora discute obras de Oiticica e adutora de engate rápido de Currais Novos

rosalba integração
A governadora Rosalba Ciarlini foi recebida em audiência pelo ministro da Integração Nacional, Francisco José Coelho Teixeira, hoje (22), em Brasília. No encontro, a chefe do Executivo potiguar, que estava acompanhada do titular da secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Luciano Cavalcanti Xavier, solicitou que o diretor-presidente do Dnocs, Walter Gomes, também presente à reunião, se reúna com representantes do Governo do Estado na próxima sexta-feira (25), na comunidade de Barra de Santana, em Jucurutu, para explicar à população o cronograma e a importância da retomada da obra da barragem de Oiticica.
“Os recursos para as desapropriações da área e para a construção da Nova Barra de Santana, no Alto do Paiol, estão assegurados e tem que começar até novembro. É importante a população receber todas as informações com transparência”, disse a governadora. O diretor-presidente do Dnocs assegurou que estará em Jucurutu para a reunião na próxima sexta-feira. No encontro também foi mostrada ao ministro a análise de viabilidade técnica que a Caern entregou ao Dnocs para que sejam apresentados, até o final do mês, o valor total e a data de início da construção da adutora de engate rápido que levará água da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves até a cidade de Currais Novos, passando por Florânia e São Vicente.

Companhias aéreas europeias e americanas suspendem voos para Israel

Da Agência Brasil
Companhias aéreas europeias e norte-americanas suspenderam nesta terça-feira (22) temporariamente os voos comerciais para Israel, depois que um míssil disparado de Gaza atingiu os arredores do Aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv. “Uma casa sofreu estragos num ataque com míssil na região de Kiryat Ono Yedhu, a alguns quilômetros do aeroporto”, confirmou um porta-voz policial.
Air France e a alemã Lufthansa anunciaram o cancelamento de seus voos para ou provenientes de Israel, pouco após a Autoridade da Aviação Federal dos Estados Unidos ter proibido suas empresas aéreas de voar para aquele país durante 24 horas.
Israel está envolvido, desde o dia 8 deste mês, em um conflito com o movimento Hamas na Faixa de Gaza, no qual já morreram mais de 620 palestinos, na maioria civis.
A Lufthansa decidiu cancelar os voos para Tel Aviv por pelo menos 36 horas, em uma decisão que, segundo a edição digital do semanário Der Spiegel, afetará ainda as companhias Germanwings, Austrian Airlines e Swiss Airlines. A companhia alemã, que faz dez voos diários para Tel Aviv, partindo de Berlim, Frankfurt, Munique, Viena e Zurique, disse que o objetivo da medida é “garantir a segurança de passageiros e tripulações” devido a uma “situação instável”.
A Air France informou que a decisão afetará seus três voos diários de Paris para Tel Aviv, três voos semanais que partem de Marselha e  quatro semanais que saem de Nice. As linhas aéreas belgas também confirmaram o cancelamento de um voo, no final da tarde de hoje, e de três previstos para amanhã (23).
Procurada, a companhia portuguesa TAP informou que não faz voos para aquele destino.
Ao tomar conhecimento do cancelamento dos voos, o ministro israelense dos Transporte, Israel Katz, disse que não existe “qualquer razão" para tal decisão. Katz garantiu que as operações de pouso e decolagem no Aeroporto Ben Gurion "não representam qualquer problema".
O cancelamento dos voos para Israel havia sido recomendado às companhias europeias pela Agência Europeia de Segurança Aérea (Aesa), pouco depois de a Autoridade da Aviação Federal dos Estados Unidos ter proibido todas as companhias aéreas do país de voar para o pais por um período de 24 horas.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Candidatos utilizam as redes sociais para chegar ao eleitor

Nessa fase da campanha eleitoral, quando os programas de rádio e televisão ainda não foram ao ar, as campanhas dos candidatos concentram atenção nas redes sociais. Todos os cinco postulantes ao Governo estão com atuações nas mídias sociais, inclusive com equipe específica para tal tarefa.

O Facebook e Instagran estão sendo usados por todos os candidatos ao Executivo. Já o Twitter deixou de ser usado apenas pela sindicalista Simone Dutra (PSTU).

As equipes dos candidatos ao Governo traçam estratégias distintas para o uso das redes sociais, mas, em comum, elas têm o fato de buscarem, a partir das plataformas, a divulgação do nome das propostas dos postulantes à sucessão de Rosalba Ciarlini. 

HENRIQUE EDUARDO ALVES
O deputado federal Henrique Eduardo Alves, que disputa o Governo do Estado pelo PMDB, está atuando em quatro plataformas das redes sociais: Facebook, Instagran, Twitter e Youtube.

Coordenadora do trabalho da campanhas nas redes sociais, a jornalista Nina Rodrigues, explicou que o trabalho no Facebook é feito com as medições dos horários de maior audiência. Com isso, as postagens ocorrem em função desses horários. “Mas temos o cuidado de não encher a timeline dos fãs com muita notícia. Em média, são seis postagens diárias no Facebook”, comentou.

Anna Ruth Dantas

Justiça Eleitoral lança aplicativo para divulgação de candidaturas

Com o objetivo de ampliar o leque de serviços oferecidos e melhorar a experiência dos usuários de dispositivos móveis – smartphones e tablets – a Justiça Eleitoral lançou um aplicativo que permite a visualização dos candidatos que concorrem as Eleições Gerais de 2014, por cargo e unidade da Federação. Os programas para plataforma Android e iOSpoderão ser baixados gratuitamente nas lojas Google Play e Apple Store
Por meio do aplicativo, os eleitores e demais interessados poderão acessar as seguintes informações: nome completo do candidato, nome escolhido para urna, número, situação do registro de candidatura, cargo, partido, coligação e, ainda, o link para o site do candidato.  Todas essas informações são obtidas diretamente das bases de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que são atualizadas diariamente.
A ferramenta virtual foi desenvolvida com a finalidade de possibilitar uma experiência de uso mais adequada aos usuários que utilizam dispositivos móveis para acessar os portais de internet do TSE e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), seja por meio de conexão 3G ou de rede sem fio (Wi-Fi). E para atender a esse público crescente de usuários, a Justiça Eleitoral pretende disponibilizar, em 2014, uma série de serviços para dispositivos móveis.
Vale lembrar que no portal do Tribunal Superior Eleitoral (www.tse.jus.br), é possível obter as informações completas dos registros de candidaturas em todo o Brasil por meio do sistema de divulgação de candidaturas, o DivulgaCand.
* TSE

Dunga deve ser anunciado como técnico da Seleção na terça-feira

O técnico Dunga deverá ser anunciado oficialmente como o novo comandante da seleção brasileira na próxima terça-feira (22). De acordo com o site do jornal Lance!, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Noveletto, confirmou as negociações.
Dunga, que foi o capitão na conquista do Tetracampeonato na Copa de 1994, foi técnico da seleção entre 2006 e 2010, período em que conquistou a Copa das Confederações de 2009 e a Copa América de 2007. Na Copa do Mundo da África do Sul, em 2010, foi eliminado pela Holanda nas quartas de final. No total, ele disputou  60 partidas com 42 vitórias, 12 empates e  seis derrotas.

Eleitorado do RN só cresceu 3,59% desde 2010 até agora

Da Tribuna do Norte- Pela primeira vez na história o Rio Grande do Norte viverá uma eleição onde o número de eleitores é menor do que no pleito anterior. Este ano estão aptos a participarem da votação 2.327.452. Em 2012 o número de eleitores validados para participarem do pleito era 2.355.539. Ou seja, em dois anos a redução de eleitores foi de 1,19%, o que representa 28.087 pessoas a menos aptas a participarem do pleito. 

Andréa Campos, diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral
Andréa Campos, diretora-geral do Tribunal Regional Eleitoral

Em relação a 2010, período do mais recente pleito estadual, o aumento do número de eleitores foi de 3,59%. Em 2010 estavam aptos a irem as urnas 2.246.691, este ano estão com títulos validados 80.761 eleitores a mais do que há quatro anos.